Category Archives: Receitas especias

Bolo finto Alentejano

Bolo finto Alentejano

Em Portugal fazem-se muitos doces e folares, no meio destas iguarias encontramos o bolo finto Alentejano, uma espécie de pão doce pequeno, fofo e super aromático por causa da massa finta que para além de ser o ingrediente principal também dá o nome a esta receita.

Mas afinal o que é a massa finta?

Na sua essência é massa de pão levedada, que já dobrou de volume e está pronta a dar forma.

(receita para 2 bolos fintos alentejanos com cerca de 350g cada)

Ingredientes para esta receita:

Massa finta:

– 125g de farinha de trigo T65;
– 14g de fermento de padeiro desidratado;
– 100ml de leite gordo à temperatura ambiente.

Bolo:

– 250g de farinha de trigo T65;
– 75g de açúcar amarelo;
– 1 colher (sopa) de canela em pó;
– 1 colher (café) de erva-doce em pó (opcional);
– 1 colher (chá) de sal;
– 65g de matéria gorda (banha, manteiga, uma mistura das duas ou margarina) à temperatura ambiente;
– 1 colher (sopa) de mel;
– 1 ovo, ligeiramente batido;
– ½ cálice de aguardente (opcional);
– 1 gema de ovo para pincelar;
– Açúcar branco para polvilhar (opcional).

Bolo finto Alentejano

Bolo finto Alentejano

Continuar a ler…
Waffles americanos

Waffles americanos

Existem três tipos de waffle, o americano, o belga e o rei de todos os waffles, o de Liége.

A principal diferença é que o americano leva fermento químico (daquele que se usa nos bolos) e o belga utiliza fermento de padeiro (aquele do pão), ambos podem ser redondos ou rectangulares dependendo da máquina.

Apesar de serem Belgas os waffles de Liège são um bicho completamente à parte pois têm o rebordo irregular, são crocantes por fora, macios por dentro e apresentam pequenas pérolas de caramelo espalhadas pela massa, uma coisa simplesmente deliciosa e muito difícil de reproduzir em casa, a Liége o que é de Liége!

Por isso hoje ficamos pelos americanos que são uma espécie de panqueca fofa, com favos e enriquecidos com manteiga.

Simples, fácil e excelente para estrear a máquina de waffles que compraste na última promoção do supermercado =)

(receita para 6 waffles americanos)

 Ingredientes para esta receita:

– 2 ovos;
– 60g de açúcar branco;
– 7g de açúcar baunilhado;
– 70g de manteiga, derretida;
– 200ml de leite gordo;
– 200g de farinha de trigo com fermento;
– Manteiga derretida q.b., para pincelar.

Waffles americanos

Waffles americanos

Continuar a ler…
paorecheado

Pão recheado

Receber amigos para jantar não significa passar horas na cozinha a preparar petiscos pois existem outros tipos de comida que podem ser preparadas com antecedência, como é o caso do bacalhau com natas, arroz de pato, quiche, frango assado ou o lombo de porco no forno! E assim ficas com tempo livre para o que realmente importa, conviver!

Então e os petiscos?

Se quiseres petiscar podes optar por tábua de queijos, patés diversos, frutos secos, hummus com vegetais ou um número infinito de coisas boas que podes preparar.

Eu gosto muito de fazer pão recheado! Para além de simples pode ser preparado com antecedência e assim que os convidados chegam coloca-se no forno uns minutinhos. E voilá, um petisco quentinho e reconfortante para abrir caminho à conversa.

(receita para 1 pão recheado de 500gr)

Ingredientes para esta receita:

– 1 cebola, picada;
– 1 dente de alho, picado;
– Azeite;
– 100g de chouriço, cortado em cubos;
– 100g de toucinho fumado, cortado em cubos;
– 1 colher (sopa) de manteiga;
– 1 colher (sopa) de farinha de trigo;
– 500ml de leite gordo;
– Sal;
– 200g de maionese caseira;
– 150g de queijo ralado;
– 1 pão com aproximadamente 500g;
– Salsa picada (opcional).

Pão recheado

Continuar a ler…
Bacalhau à Zé do Pipo

Bacalhau à Zé do Pipo

Parece que existem tantas receitas de bacalhau como dias do ano, quando o Sr. José Valentim criou a que viria a ser “A melhor receita ao melhor preço”, decerto que não estava à espera que fosse um sucesso tão grande ao ponto se tornar uma das receitas mais apreciadas da cozinha tradicional portuguesa. Até porque na sua composição entra a maionese que é pouco utilizada na cozinha portuguesa mas a verdade é que a coisa funcionou bem e foi assim que nasceu o Bacalhau à Zé do Pipo (nome pelo qual conheciam o Sr. Valentim no Porto).

Hoje em dia existem duas versões desta receita, com o bacalhau frito em azeite (que depois serve para fazer a maionese) ou esta simples que trago hoje.

 (receita de bacalhau à Zé do Pipo para 2 pessoas)

Ingredientes para esta receita:

– 2 lombos de bacalhau, demolhados e sem espinhas;
– 500ml de leite gordo;
– 1 colher (café) de pimenta branca em grão;
– 1 folha de louro;
– 3 dentes de alho, cortados ao meio e sem o germe;
– Sal;
– Azeite;
– 2 cebolas , cortadas em meias luas;
– 1 receita de maionese caseira,
– 4 batatas médias, descascadas e cortadas em quartos;
– 1 colher (sopa) de manteiga;
– Azeitonas pretas (opcional);
– Salsa (opcional).

Bacalhau à Zé do Pipo
Bacalhau à Zé do Pipo

Continuar a ler…
Bolo Floresta Negra

Bolo Floresta Negra (Schwarzwälder Kirschtorte)

Qual é o teu bolo favorito? Por mais que pense no assunto a resposta vai ser sempre salgada! Mas é claro que existem excepções como as sobremesas que levam chocolate! Pode ser bolos, mousses, semifrios ou bolachas mas os que levam cacau ou chocolate amargo é que são a minha cena.

O bolo floresta negra é o melhor exemplo disso pois apesar de ligeiramente amargo a sua combinação entre bolo, chantilly, cerejas e licor fazem as delícias de qualquer amante de chocolate como eu!

(receita de floresta negra para 1 forma de 20cm de diâmetro)

Ingredientes para esta receita:

Bolo:

– 8 ovos;
– 200g de açúcar amarelo;
– 1 colher (chá) de extracto de baunilha;
– 240g de farinha de trigo com fermento;
– 50g de amido de milho;
– 50g de cacau em pó.

Calda:

– 100g de açúcar branco;
– 300ml de água;
– 1 cálice de vinho do porto ou kirsh.

Recheio:

– 400ml de natas;
– 50g de açúcar branco;
– 250g de doce de cereja.

Cobertura:

– 100g de chocolate de culinária, cortado em bocadinhos;
– Cerejas a gosto, frescas ou em calda.

Bolo Floresta Negra
Bolo Floresta Negra

Continuar a ler…