Bacalhau à Zé do Pipo

Bacalhau à Zé do Pipo

Parece que existem tantas receitas de bacalhau como dias do ano, quando o Sr. José Valentim criou a que viria a ser “A melhor receita ao melhor preço”, decerto que não estava à espera que fosse um sucesso tão grande ao ponto se tornar uma das receitas mais apreciadas da cozinha tradicional portuguesa. Até porque na sua composição entra a maionese que é pouco utilizada na cozinha portuguesa mas a verdade é que a coisa funcionou bem e foi assim que nasceu o Bacalhau à Zé do Pipo (nome pelo qual conheciam o Sr. Valentim no Porto).

Hoje em dia existem duas versões desta receita, com o bacalhau frito em azeite (que depois serve para fazer a maionese) ou esta simples que trago hoje.

 (receita de bacalhau à Zé do Pipo para 2 pessoas)

Ingredientes para esta receita:

– 2 lombos de bacalhau, demolhados e sem espinhas;
– 500ml de leite gordo;
– 1 colher (café) de pimenta branca em grão;
– 1 folha de louro;
– 3 dentes de alho, cortados ao meio e sem o germe;
– Sal;
– Azeite;
– 2 cebolas , cortadas em meias luas;
– 1 receita de maionese caseira,
– 4 batatas médias, descascadas e cortadas em quartos;
– 1 colher (sopa) de manteiga;
– Azeitonas pretas (opcional);
– Salsa (opcional).

Bacalhau à Zé do Pipo
Bacalhau à Zé do Pipo

Como preparar:

Numa panela coloca o leite, a pimenta, a folha de louro, os dentes de alho e leva ao lume até levantar fervura. Desliga, adiciona os lombos de bacalhau, tapa e deixa repousar no mínimo por 30 minutos.

Numa frigideira, coloca um bom fio de azeite, adiciona a cebola, umas pedrinhas de sal e deixa refogar em lume brando até ficar dourada e transparente.

Bacalhau à Zé do Pipo

Escorre o bacalhau, côa o leite e reserva.

Coloca dois terços da cebolada no fundo da travessa, dispõe os lombos de bacalhau o mais centrado possível, espalha a cebolada restante por cima e cobre com a maionese caseira.

Entretanto coze as batatas no leite onde se escaldou o bacalhau com um pouco de sal até ficarem tenras. Escorre e esmaga com o garfo, ou então utiliza o passe vite se quiseres o puré mais suave.

Côa o leite, acrescenta a nata que ficou no passador ao puré, junta a manteiga e envolve.

Adiciona leite, pouco a pouco, até obter a consistência desejada, coloca no saco de pasteleiro e dispõe à volta do bacalhau.

Leva ao forno a 160ºC até borbulhar e ficar douradinho.

Enfeita o Bacalhau à Zé do Pipo com azeitonas, salsa e serve de imediato.

Bacalhau à Zé do Pipo
Bacalhau à Zé do Pipo
Bacalhau à Zé do Pipo
Bacalhau à Zé do Pipo

Dicas:                                                         
– Prepara esta receita com antecedência e coloca no forno uns minutos antes de servir;
– Para manter a comidinha quentinha utiliza uma frigideira de barro.

Outras sugestões:

Bacalhau com natas;
Ervilhas com ovos escalfados para principiantes;
Bolo de bolacha com natas.

Acompanha as aventuras diárias da Xana nas redes sociais =) Facebook, Instagram ou Youtube

Frigideira de barro gentilmente cedida por Feira da Louça. Para mais informações vai a: https://www.feiradalouca.com/pt/

Porque nunca é tarde para aprender, basta querer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *