paoindianochapatiouroti

Pão indiano Chapati ou Rôti

Farinha, água, fermento e sal são os ingredientes que entram na composição de uma boa massa de pão, nem sempre é assim pois existem países no mundo onde nem sequer leva fermento, o típico pão achatado ou flatbread como dizem os nossos amigos ingleses. O roti ou chapati é um destes espécimes!

Esta espécie de wrap maleável típico da Índia é feito com farinha Atta e água, como é de preparação rápida transformou-se no pão do dia-a-dia para os indianos onde as suas características fazem com que seja perfeito para acompanhar as iguarias maravilhosas que se fazem neste país.

Mas o que é a farinha atta? É uma farinha de trigo, moída em mó de pedra e típica da índia. Podes encontrar farinha Atta à venda em lojas de produtos indianos ou na secção de comida do mundo nos supermercados.

Hoje partilho truques e dicas que utilizo para fazer este pãozinho delicioso em casa.

Bons rotis, chapatis ou que lhe quiseres chamar!

(receita para 12 rotis com aproximadamente 20cm de diâmetro)

Ingredientes para esta receita:

– 270g de farinha de trigo (Atta);
– 1colher (café) de sal;
– 1 colher (sopa) de ghee* (opcional);
– 180g de água morna;
– Farinha para polvilhar;
– Ghee* para pincelar.

*Ghee = manteiga clarificada

paoindianochapatiouroti

Pão indiano Chapati ou Rôti

Como fazer:

Numa tigela envolve a farinha, o sal e o ghee até obter uma espécie de areia fina. O ghee deixa o roti maleável por mais tempo mas se não tiveres podes substituir por óleo de girassol ou não colocar de todo.

Dilui o sal na água e adiciona à farinha, pouco a pouco, até obter uma massa macia e moldável.

A quantidade de água a utilizar varia consoante a qualidade da farinha, se a massa estiver líquida acrescenta farinha, se estiver rija acrescenta água.

Amassa até ficar lisa e deixar uma marca ligeira quando se pressiona com o dedo.

Tapa com um pano húmido, aguarda 15 minutos para relaxar o glúten de forma a ter a massa mais maleável para facilitar o esticar.

Divide em cerca de 12 bolas com aproximadamente 35g e deixa descansar por 5 minutos.

Para formar os rotis espalma com a mão, de forma a obter um disco, mergulha na farinha, coloca sobre a bancada e com o rolo da massa estica suavemente, roda, estica novamente e assim sucessivamente até obter um círculo com aproximadamente 12cm de diâmetro. Não apliques demasiada força ao esticar para deixar a massa uniforme e quando começar a pegar à bancada polvilha com um pouco de farinha.

Quando a frigideira estiver bem quente limpa o excesso de farinha do roti, coloca na frigideira, deixa cozinhar cerca de 15 segundos, vira e deixa cozinhar 30 segundos até formar bolhas ou ficar ligeiramente dourado.

Agora tens duas opções, vira e deixa na frigideira até empolar ou coloca directamente sobre a chama do fogão. Prefiro a primeira opção onde consigo controlar melhor a cozedura e não corro o risco de secar ou queimar o roti.

Se o teu roti não inchar como um balão não fiques triste pois é perfeitamente normal e nem todos incham, o importante é que fique douradinho de ambos os lados e maleável.

Retira do lume, pincela com ghee e embrulha numa toalha.

Agora que já fizeste o teu primeiro roti repete a operação para os restantes.

Só por si este pãozinho é delicioso mas aonde brilha mesmo é quando acompanhado por iguarias indianas como este guisado de grão ou o belo do chutney.

paoindianochapatiouroti
paoindianochapatiouroti

Notas Finais:

– Se não encontrares farinha atta podes substituir por farinha de trigo T65 com farinha de trigo integral na proporção de 3:1;
Conserva a massa do roti no frigorífico até dois dias;
– O roti deve de ser consumido ligeiramente morno. Para grandes quantidades sugiro que utilizes uma colher (sopa) de óleo de girassol ou ghee na preparação da massa para não secar facilmente;
– Se quiseres congelar coloca uma folha de papel vegetal entre cada roti, empilha e acondiciona num saco. Descongela por uns minutos à temperatura ambiente antes de consumir.

Dica: Fazer roti parece fácil mas pode ser um autêntico desafio! O segredo para obter um bom roti é FAZER, fazer muitos! Quanto mais fizeres melhor ficam pois mais prática tens e mais fácil fica.

Outras sugestões:

Pão para hambúrguer na maquina de fazer pão (MFP) By Chef Bruno;
Donuts na maquina de fazer pão (MFP);
Coxa de peru garam masala (panela de pressão).

Acompanha as aventuras diárias da Xana nas redes sociais =) Facebook, Instagram ou Youtube.

Porque nunca é tarde para aprender, basta querer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *