Caril de camarão

Caril de camarão

(caril de camarão para 4 pessoas)

Ingredientes para esta receita:

– 400gr de camarão com casca;
– 1 colher (sopa) de manteiga de alho;
– 1 cebola, picada;
– 1 dente de alho, picado;
– Azeite;
– 1 tomate grande maduro, cortado em cubos pequenos;
– 1 maçã reineta parda, cortada em lamelas finas;
– 1 colher (sopa) de caril;
– 1 colher (chá) de pimentão-doce (colorau);
– 1 frasco de leite de coco;
– Agua da cozedura do camarão q.b.;
– Sal;
– Pimenta;
– Coentros e salsa picada para polvilhar (opcional).

Caril de camarão Caril de camarão

Como preparar:

Coze o camarão (aprende como aqui) e reserva a água da cozedura.

Descasca o camarão.

Derrete a manteiga de alho numa frigideira e refoga o miolo de camarão até que fique dourado. Retira do lume e reserva.

Faz um refogado com cebola, alho e um fio de azeite.

Assim que a cebola ficar transparente acrescenta o tomate e a maçã.

Deixa cozinhar em lume brando até que a maçã, e o tomate, se desfaçam por completo.

Acrescenta, aos poucos, a água de cozer o camarão para formar um molho grosso e homogéneo.

Acrescenta o leite de coco, o caril, o pimentão-doce e envolve bem.

Adiciona o camarão e o molho que ficou na frigideira. Envolve bem.

Tempera com sal e pimenta a gosto (não te esqueças que a água de cozer o camarão já tem sal, convém provar o caril antes de adicionar sal).

Polvilha com coentros e salsa picada. Serve o caril de camarão com arroz basmati.

Caril de camarão Caril de camarão
Caril de camarão Caril de camarão

Caril de camarão

Dica:

Se não tiveres leite de coco faz da seguinte forma:

– Leva ao lume, aproximadamente, 2dl de natas até levantar fervura. Rega cerca de 100gr de coco ralado com as natas quentes e deixa arrefecer;
– Passa por um passador de rede fina e tens leite de coco;
– O coco ralado que sobrar utiliza-se em bolos, pudins ou bolachinhas.

No nosso fórum podes publicar receitas, esclarecer dúvidas e trocar ideias com todos os membros. Junta-te a nós e visita também a página do Facebook =)

Porque nunca é tarde para aprender, basta querer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *