Doce de amora vermelha

Doce de amora vermelha

Hoje vamos aprender como fazer Doce de amora vermelha !

Estas amoras são daquelas que nascem nas árvores, as amoreiras. Sim, aquelas cujas folhas alimentam os bichinhos da seda =)

São conhecidas por amoras vermelhas. Se não as encontras no supermercado procura em feiras de produtos agrícolas ou biológicos, de certeza que encontras.

Ingredientes para esta receita:

– Amoras vermelhas;
– Metade do peso em açúcar branco.

 

Doce de amora vermelhaDoce de amora vermelha

Como preparar:

Pesa as amoras. Pesa metade do peso das amoras em açúcar e reserva.

Cobre as amoras com água e adiciona umas gotas de vinagre. Reserva por uns minutos, depois escorre e cobre de novo com água (isto serve para limpar as amoras).

Escorre as amoras e coloca no tacho* onde vais fazer o doce.

Junta o açúcar, envolve delicadamente e deixa repousar por aproximadamente 6 horas.

Doce de amora vermelha

Doce de amora vermelha

Findo este tempo coloca o tacho ao lume e deixa levantar fervura.

Após levantar fervura baixa o lume e deixa cozinhar em lume brando até atingir ponto de pérola. Desliga o lume, tapa o tacho e deixa repousar por 24 horas.

Coloca o tacho ao lume até que o doce de amora vermelha levante fervura. Deixa ferver, em lume brando, por 3 minutos.

Retira do lume, acondiciona o doce de amora vermelha, ainda quente, em frascos esterilizados, tapa e coloca com a tampa virada para baixo até arrefecer.

Depois de frio guarda em local fresco e seco.

Doce de amora vermelha Doce de amora vermelha
Doce de amora vermelha Doce de amora vermelha

Doce de amora vermelha

*Nota: É importante que o tacho seja de cobre ou inox, de preferência cobre pois está preparado para altas temperaturas e não altera o sabor dos alimentos. Nunca uses tachos de alumínio para preparar doces pois alteram o sabor.

No nosso fórum podes publicar receitas, esclarecer dúvidas e trocar ideias com todos os membros. Junta-te a nós e visita também a página do Facebook =)

Porque nunca é tarde para aprender, basta querer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *