Arquivo da Categoria: Natal, bacalhau, peru e outros assados

Bacalhau à Gomes de Sá

Bacalhau à Gomes de Sá

A história do Bacalhau à Gomes de Sá

Receita criada pelo Sr. José Luís Gomes de Sá, mais conhecido por Gomes de Sá, um conhecido importador de bacalhau portuense.

Conta a história que ao dar esta receita, ao seu amigo João (do restaurante “Lisbonense” no Porto), recomendou que não alterasse nada pois a receita não iria funcionar da mesma forma.

Tornou-se num dos pratos mais conhecidos, de bacalhau, no nosso país.  Têm surgido novas versões deste prato mas que não se comparam com o original.

(Fonte: Volúpia, a nona arte, A Gastronomia; de: Albino Forjaz de Sampaio)

Receita com base na receita original do Sr. Gomes de Sá

(receita para 6 pessoas)

Ingredientes para esta receita:

– 1kg de bacalhau, demolhado;
– 1kg de batatas cozidas com pele;
– 4 cebolas grandes;
– 2dl de azeite:
– 3 dentes de alho;
– 4 ovos cozidos;
– Leite q.b.;
– Água quente q.b.;
– 1 raminho de salsa;
– Azeitonas pretas, para enfeitar.

Bacalhau à Gomes de SáBacalhau à Gomes de Sá

Como preparar:

Coloca o bacalhau numa caçarola, cobre com água a ferver, tapa a caçarola, abafa-o o mais possível (com uma toalha de cozinha ou um pequeno cobertor) e deixa ficar assim por cerca de 20 minutos.

Continuar a lerBacalhau à Gomes de Sá

Costeleta saloia no forno

Costeleta saloia no forno

(receita de Costeleta saloia no forno para 2 pessoas)

Ingredientes para esta receita:

– Aproximadamente, 300gr de lombo de porco com osso e pele;
– Folhas frescas de hortelã;
– Folhas frescas de alecrim;
– 2 dentes de alho;
– Casca de limão;
– Gengibre fresco;
– Sal;
– Pimenta;
– Azeite;
– 1 colher (chá) de pimentão-doce (colorau);
– 1 colher (sopa) de mel;
– 2dl de vinho branco, de boa qualidade;
– 1 cebola média;
– 2 colheres (sopa) de banha.

Costeleta saloia no fornoCosteleta saloia no forno

Como preparar:

Dá uns golpes na pele da carne (courato), para absorver melhor os temperos e ficar mais suculenta ao assar.

Costeleta saloia no forno Costeleta saloia no forno

Continuar a lerCosteleta saloia no forno

Perna de peru na panela com cogumelos e natas

Perna de peru na panela com cogumelos e natas

Esta é uma óptima sugestão para a mesa de Páscoa, um prato requintado, rápido e económico.

(receita de perna de peru na panela com cogumelos e natas para 4 pessoas)

Ingredientes para esta receita:

– 1 perna de peru desossada mas com pele;
– 2 cenouras;
– 1 cebola;
– Cogumelos laminados à gosto;
– 2,5dl natas;
– Sal;
– Pimenta;
– 1 colher de sopa de manteiga;
– Azeite.

Perna de peru na panela com cogumelos e natasPerna de peru na panela com cogumelos e natas

Como preparar:

– Numa panela ao lume coloca a manteiga e um fio de azeite, desta forma a manteiga não se queima;

– Frita a perna de peru nesta gordura;

– Coloca-a com a pele virada para baixo e só quando a pele estiver bem frita (num tom castanho escuro) é que a viras;

– Retira a pele e volta a fritar desse lado, até que fique uniformemente dourada;

– Tempera com sal e pimenta;

Continuar a lerPerna de peru na panela com cogumelos e natas

Perna de peru recheada com maçã

Perna de peru recheada com maçã

(Perna de peru recheada com maçã para 8 pessoas)

Ingredientes para esta receita:

– 1 perna de peru desossada;
– 2 cebolas;
– 4 maçãs reinetas;
– Sumo de 1 limão;
– 4 colheres de(sopa) banha;
– 2dl de caldo de carne.

Perna de peru recheada com maçãPerna de peru recheada com maçã

Começa por marinar a perna de peru de um dia para o outro.

Continuar a lerPerna de peru recheada com maçã

O Bacalhau (Como cortar e escolher)

Os Peixes – O Bacalhau (Como cortar e escolher)

O Bacalhau (Como cortar e escolher)

Hoje aprendemos algumas dicas importantes de como escolher, cortar e obter o melhor rendimento possível deste peixe tão tradicional na nossa mesa.

O Bacalhau (Como cortar e escolher)

O Bacalhau (Como cortar e escolher)

Um bacalhau para ser bom tem que ter um tom amarelado, sinal indicativo de que o peixe tem gordura e não é completamente seco.

O lombo tem que ser firme quando o apertamos, sinal de que foi salgado fresco.

Da parte detrás do peixe deves de encontrar três barbatanas ao longo da espinha, caso contrário não é bacalhau é Pauleta.

Continuar a lerOs Peixes – O Bacalhau (Como cortar e escolher)